Lavagem Nasal

Lavagem Nasal

A lavagem nasal pode e deve ser realizada com frequência, principalmente em paciente alérgicos, em quadros de infecção das vias aéreas superiores e em pós operatórios nasais. A lavagem faz uma limpeza mecânica da secreção além de tirar vírus, bactéria e alérgenos (pólen, pó, ácaros etc) da mucosa do nariz, preparando a mucosa nasal para receber o tratamento com spray nasal.

É importante jogar sempre um volume grande, com pressão baixa.

Cada paciente com o tempo desenvolve o jeito próprio de lavar o nariz. Eu costumo recomendar da seguinte forma:

  • Estique a cabeça um pouquinho para frente na pia.
  • Aqueça o soro fisiológico 0,9% (ou água filtrada) até ficar em temperatura de banho (não muito quente nem muito frio).
  • Segure a seringa de 20ml na horizontal, apontada para o fundo do nariz (para ajudar, apoie o biquinho da seringa na parte de cima da narina).
  • Prenda o ar, como se fosse mergulhar numa piscina.
  • Com a outra mão, empurre o êmbolo de forma contínua. Não precisa ser muito forte, mas precisa sentir o volume de soro fisiológico 0,9% (ou água filtrada) entrar por uma narina e passar para a outra.
  • (Veja que as 2 mãos seguram a seringa, como se você fosse tocar uma flauta pelo nariz. Isso ajuda no começo, pois a tendência é você afastar a seringa do nariz).
  • Quando sentir que o soro passou pela outra narina, recupere-se, assoe o nariz. Dê um tempinho para você.
  • Repita do outro lado.

Parece complicado, né? Mas com o tempo você pega o jeito!

Além dessas recomendações, o acompanhamento com otorrino é fundamental!

09 October 2019
← Setembro Azul Dr, eu tenho carne esponjosa?? →